.

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

::

PESQUISAR NO BLOG:

Carregando...

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

MARAVILHOSA GRAÇA, A GRAÇA ETERNA, PRECIOSA GRAÇA & INCRÍVEL GRAÇA

O Natal é a graça maravilhosa de Deus para todos os homens. O capitão de um navio que transportava escravos experimentou essa graça e escreveu o hino “Amazing Grace”.

Você conhece “Amazing Grace” (Incrível ou Maravilhosa Graça)? É um dos hinos mais conhecidos dos países de língua inglesa – e também muito além deles.

O hino “Amazing Grace” foi escrito no século 18 por John Newton. Ele tinha sido ateu militante e capitão de um navio negreiro. Mas, no dia 10 de maio de 1748, ao enfrentar uma grave tempestade no mar, ele clamou a Deus por misericórdia. E foi salvo. Começou a tratar os escravos de forma mais humana. Depois de alguns anos, desistiu de vez da sua atividade. Tornou-se pastor anglicano e daí em diante empenhou-se em favor da abolição da escravidão.

A Bíblia explica: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai... Pois todos nós recebemos da sua plenitude, e graça sobre graça. Porque a lei foi dada por meio de Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo”.

MENSAGEM EVANGELÍSTICA: SE ISSO NÃO FOR AMOR

É fácil ver por que uma pessoa voluntariamente pagaria um grande preço para redimir alguém ou algo pelo qual tivesse um grande amor. Embora hoje os incrédulos sejam ligeiros para denunciar o cristianismo como inacessível, ou injusto ou de perspectiva estreita, ele é, de fato, a história do maior transbordamento de amor redentor que já se manifestou na Terra, e o resultado do mais alto preço de redenção já pago em toda a história da humanidade. Como afirmou o apóstolo Pedro:

“Sabendo que não foi mediante cousas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo” (1 Pe 1.18-19).


Embora o pecado de Adão e Eva tenha jogado o mundo, que Deus havia criado, nas mãos do inimigo, a quem Jesus chamou três vezes de “o príncipe deste mundo” (Jo 12.31; Jo 14.30; Jo 16.11), o sacrifício do próprio Jesus pagou o preço para redimir o ser humano. Falando a crentes, o apóstolo Paulo escreveu: “Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor” (Cl 1.13). Se colocarmos nossa fé em Jesus, Ele nos transfere do reino de Satanás para o Seu próprio reino.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

DEVOCIONAL - VINDE PECADOR

"VINDE ENTÃO, E ARGUI-ME, DIZ O SENHOR: AINDA QUE OS VOSSOS PECADOS SEJAM COM A ESCARLATA, ELES SE TORNARÃO BRANCOS COMO A NEVE; AINDA QUE SEJAM VERMELHOS COMO O CARMESIM, SE TORNARÃO COMO A BRANCA LÃ."
(Isaías 1:18)

Pecado, pecados e pecadores! Somos nascidos em pecado. Vivemos sob a lei do pecado. Habitamos em mundo dominado pelo pecado, cujos moradores o bebem como água. Nessa categoria (pecador) existem aqueles que pecam deliberadamente, sem nenhum pesar. Existem outros que se desviaram do caminho e caíram na lama do pecado. Por último, há também aqueles que depois de terem sidos chamados pela graça têm tropeçado nos seus pecados!

Ó quão miseráveis somos! Todos pecamos e estivemos ou estamos destituídos da glória de Deus! Ó malditos pecados que nos dominam, sorvem nossas forças e nos inclinam para o mal!

Não obstante, eu tenho boas notícias para você, “querido pecador!” Não importa quão grandes, intensos, profundos e sujos sejam seus pecados. Não importa quanto tempo você os cometeu… Há perdão junto ao trono da graça a você! O Senhor, o Pai das Misericórdias, apenas diz: “VINDE PECADOR”. Venham filhos de Adão! Venham desviados! Venham crentes trôpegos! Venham quebrantados, venham arrependidos, venha contristados, pois o Pai de amor está pronto a vos receber e tirar toda vermelhidão dos seus pecados, deixando-os mais brancos que a neve!

A todos que têm cometido, caído e tropeçado no pecado chegou a hora de ser levantado pelas mãos da misericórdia de Deus, que hoje te alcançam! Todos esses pecados serão lançados nas profundezas do mar e por Deus esquecidos. “Vinde pecador”, vinde todos os caídos, pois hoje é o dia da sua redenção!

Autoria: Pr. Paulo Junior.

DEVOCIONAL - COM VERGONHA DE DEUS

"(…) MEU DEUS! ESTOU CONFUSO E ENVERGONHADO, PARA LEVANTAR A TI A MINHA FACE (…)."
(Esdras 9.6)

Estamos vivendo dias escuros e sombrios: os perigos nos rondam por todos os lados, inseguranças e incertezas nos apavoram; a sociedade pós-moderna, com sua imprevisibilidade, nos espanta; o governo e sua indiferença nos causa pavor; a cristandade naufraga em um caos espiritual e teológico, nos deixando quase sem esperança. Entretanto a vida continua, devemos em detrimento a tudo isso, continuar firmes “olhando para o autor e consumado da fé” (Hb 12.2).

Creio ser urgente e oportuno falar de algo que está latente no coração de muitos: apesar de cristãos, não estamos imunes aos combates e intempéries da vida, que trazem aflições, dores e apertos no coração, que vão de problemas no casamento a crises financeiras e ministeriais, bem como tantas outras áreas, nos deixando perturbados.

Mesmo diante desse quadro, hoje quero escrever sobre um assunto que talvez não seja muito comentado – mas que a maioria de nós vivencia – quero falar para aqueles que “estão em falta com Deus”, que estão aflitos e com o coração apertado por causa de Deus, me dirijo àqueles que estão com vergonha de Deus! Pois, é exatamente isso que Esdras enfaticamente retrata nesse versículo.

::